Porque cantada NÃO é elogio

A cantada passa dos limites do desrespeito, é um abuso, uma violência. Para mim parece que estou aqui sendo redundante, falando coisa que todas já sabem (ou deveriam saber), mas a verdade é que eu ainda ouço comentários do tipo “Se passo por uma construção e não levo uma cantada, me sinto feia e desvalorizada”. Esse tipo de fala faz meus miolos quererem explodir, mas levo em consideração que a pessoa provavelmente foi criada sob esse olhar, que infelizmente não é novo, de que a mulher tem que ser desejada o tempo todo para ter um pingo de confiança, e que o homem, por sua natureza selvagem deve impor seu poder e desejo sobre a mulher sempre que houver uma oportunidade, por isso acha isso correto.

Mas é uma aprovação de um desconhecido que você quer mesmo? Leia com atenção o próximo parágrafo, e veja se faz sentido:

Um homem que você nunca viu na vida te observando com olhar desrespeitoso, como um cachorro morto de fome vendo um pedaço de carne crua, um homem qualquer te encochando dentro de um transporte público apertado, sem que você tem a mínima escolha ou possa se mexer para escapar. Um rapaz qualquer, com quem você esbarrou na calçada, te chama de gostosa e outras palavras vulgares, só pelo fato de você ter cruzado o caminho dele. E nem se atreva a sair de vestido, ou com um decote um pouco maior que o comum, pois você é que está pedindo, a final, o homem não tem culpa, é como se ele não pudesse controlar seus instintos se você está mostrando demais de seu corpo.

E agora? Cantada parece elogio para você? Faz sentido?

A verdade é que você não precisa disso, não precisa dessa aprovação de desconhecidos, não precisa do desrespeito deles.

Sempre que ouço uma cantada me sinto extremamente violada, ofendida, enojada e depois constrangida e envergonhada pelas pessoas ao redor, que escutam aquilo, pois a minha vontade é responder com ignorância, dar um sermão no tal homem, mas não o faço por medo, por que a cantada além de tudo, me faz sentir diminuída. Mas não responder me faz sentir como se estivesse dando um consentimento para que aquilo continue.

Embora muitas mulheres ainda considerem elogio, muitas entendem o absurdo que esta cultura é, e assim como eu, infelizmente, não fazem nada.

Ou fazem, para se proteger, usam roupas fechadas, para esconder o corpo, conheço muitas mulheres que não andam de vestido em transporte público, que não sentam ao lado de um homem se a cadeira está vazia, fazem caminhos diferentes, as vezes até maiores para ir ao trabalho ou para casa, para evitar ruas com muitos homens. Muitas fazem tudo isso inconscientemente, pois assim como as que consideram a cantada um elogio, estas consideram ofensa, mas acham algo natural na sociedade, que não pode ser mudada.

Eu sou um desses exemplos, não gosto muito de baladas pelo principal motivo de não poder dançar em paz, porque ali foi ensinado que toda mulher está disponível para beijar o primeiro cara que vier, a final, se você diz não, é orgulhosa e mau educada. Também não é como se eles pedissem com educação, pois chegam segurando sua cintura, te tocando sem mesmo perguntar seu nome. Ok, muitas mulheres podem estar lá para isso, mas duvido que não haja uma que tenha ido somente por diversão.

Desde pequenas, somos educadas a tomarmos cuidado, sair de casa bem vestida e não andarmos sozinhas a noite. Desde pequena então, crescemos acreditando que não temos escolha, que o homem tem a obrigação de te cantar (ou fazer coisas piores) se você estiver dando sopa. O nome disso é Cultura do Estupro, mas essa já é uma discussão maior, para outro post.

E agora? Você ainda acha que cantada é elogio?

Anúncios

Um comentário sobre “Porque cantada NÃO é elogio

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s