10 mulheres que mudaram o rock

Para comemorar o Dia Mundial do Rock, assumi a (difícil) missão de escolher as 10 mulheres mais influentes do Rock ‘n Roll, mulheres que do seu jeito, mudaram a música e fizeram história.

Janis Joplin: 

rock mulher 4 - janisNão quis numerar a lista para não ter que dar um grau de importância para cada uma, mas não pude deixar de encabeçar Janis Joplin, tinha que começar a lista por ela.

Janis ficou conhecida por criar um estilo diferente de rock, ela misturava batidas pesadas do estilo com blues, acentuada pela sua voz potente, que surpreendia multidões quando ela soltava.

Dias após a gravação do álbum intitulado Pearl, a cantora foi encontrada morta num quarto de hotel, uma overdose de heroína a matara. O álbum foi lançado póstumo a sua morte, com duas faixas a menos, pois Janis não teve tempo de grava-las.

Além de sua voz marcante, suas performances cheias de emoção e integra são grandes características da cantora, que inspira muitas mulheres no meio da música até hoje.

Para ouvir: Cry Baby

Joan Jett:

rock mulher 3 - joan jettA importância de Joan Jett para o rock é inquestionável. Não bastasse o fato de ter criado uma banda só de mulheres, The Runaways de 1975, ela ainda liderou o grupo com pulso firme e propósitos feministas, não admitia que qualquer uma das garotas vendesse o corpo ao invés da música.

Joan é conhecida até hoje por sua grande habilidade como guitarrista e por criar o grande hit “I Love Rock n Roll”, um grande hino da música, cantado até hoje.

Agora Joan lidera o Joan Jett and the Black Hearts, e teve um filme inspirado nas suas memórias sobre a banda The Runaways.

Para ouvir: Bad Reputation

Courtney Love:

Courtney LoveCourtney Love criou ao lado do falecido marido Kurt Cobain, o estilo grunge no rock liderando a banda Hole, fundada em 1989, com outras duas mulheres no quarteto.

Odiada pelos fãs do Nirvana, amada pelos fãs de Hole, ela deu uma cara feminina a cena rock nos anos 90 e ao mesmo tempo criava polêmicas por onde passava com seu jeito agressivo.

Hoje Courtney cria sua filha Frances Bean Cobain e ainda lidera o Hole, e aproveita os shows para trocar farpas com os ex-Nirvana e amigo de seu marido, Dave Ghrol, que a trata como uma Yoko Ono do Nirvana.

Para ouvir: Malibu

Shirley Manson:

rock mulher 5 - shirley mansonAos 47 anos Shirley ainda viaja fazendo shows com o Garbage, banda que ficou famosa nos anos 90, graças a sua liderança, e forte presença com seus cabelos de fogo.

A banda já existia quando ela foi convidada para cantar, e estourou depois que Shirley começou a colocar sua voz e estilo a frente dos rapazes do grupo. Shirley glamourisou o grunge com saias rodadas, misturadas com maquiagem pesadas.

Apesar de ser menos conhecida, lembrada pela galera bem underground do mundo grunge, ela é considerada uma musa até hoje.

Para ouvir: I’m Only Happy When It Rains

Gwen Stefani: 

rock mulher 8 - gwenAinda nos anos 90, temos Gwen Stefani, que antes de seu pop álbum solo, liderou (e voltou a liderar recentemente) a banda No Doubt.

Gwen marcou os anos 90 tanto quanto Shirley Manson e Courtney Love, mas ela nem se interessava pelo grunge. O No Doubt tinha uma pegada mais dançante, apesar de as vezes dramático, e Gwen seu próprio estilo de se vestir, chamando atenção com um cabelo loiro platinado e roupas que deixavam em evidência sua barriga sarada. Ela ousa também em suas performances ao vivo, soa muito no palco enquanto pula e dança. Além de roqueira, Gwen é considera um ícone da moda.

Para ouvir: Just a Girl

Meg White:

rock mulher 11 - meg whiteAchei importante destacar Meg White nesta lista, ela é a única aqui que não é vocalista, mas que marcou o rock do seu jeitinho.

Meg passa despercebida pela mundo do rock, ainda mais depois do fim da banda The White Stripes, onde tocava bateria ao lado de Jack White, que agora se destaca em uma carreira solo. Mas é inegável que Meg é uma grande baterista, que criou sons incríveis para o White Stripes, banda formada em 1997 que ficou conhecida além de pelas músicas incríveis, por vestir somente vermelho, branco e preto) e algumas vezes emprestou sua voz em músicas também.

A parceria com o ex-marido (muitas vezes confundido como seu irmão), começou em 1996, quando se conheceram na lanchonete onde ela trabalhava como garçonete. Ele a incentivou a praticar bateria, e os dois criaram uma dupla que soava como uma banda inteira. Ela diz que muitos dizem que é uma forma estranha de se começar uma banda, mas Meg não liga “Fazer o que? Eu gostava da bateria”.

Recentemente Jack declarou que o White Stripes acabou pois Meg não estava interessada na banda, pra mim, é só birra de ex-casal, o que acham?

Para ouvir: Little Cream Soda

Pitty:

rock mulher 5 - pittyNossa representante brasileira é Priscila Leone, a Pitty. Depois de tocar bateria na banda Inkoma, na cena independente de Salvador, onde nasceu, Pitty estourou com o hit Máscara, em 2003. Dez anos depois, ainda a vejo sendo intitulada como “A roqueira Pitty”, e isso me incomoda um pouco (imagino que a ela também). Parece que o Brasil tem dificuldade de ver uma mulher bonita, talentosa e baiana cantando outra coisa além de axé.

É justamente essa quebra de paradigma que faz Pitty tão importante para o rock, por que ela quebrou (e ainda quebra) preconceitos e está consolidada e respeitada na cena do rock brasileiro. Ela canta letras inteligentes sobre relacionamentos, política, sociedade e outros problemas do ser humano, tudo sem causar polêmicas, as atitudes rock ‘n roll ficam só na música.

Para ouvir: Brinquedo Torto

Tarja Turunen:

rock mulher 1 - tarjaRepresentando as metaleiras, ninguém melhor que Tarja Turunen, vocalista do Nightwish, que inovou no gênero ao introduzir sua voz lírica, dando uma nova cara ao metal, e inspirando bandas como o Evanescence.

Tarja nasceu em um pequeno vilarejo na Finlândia, e começou a ter aulas da canto lírico aos 15 anos, mas seu interesse era um pouco mais pesado, diferente do que este tipo de música a oferecia. Fundou então a banda Nightwish em 1996, no mesmo ano ela iniciou um projeto solo, com canções natalinas, para poder sustentar a banda.

Ela conseguiu erguer a banda como queria, e alternou sua carreira com o Nightwish com sua solo, estima-se que sozinha ela tenha vendido cerca de 800 mil cópias e 3 milhões com o Nightwish.

Para ouvir: Nemo

Alanis Morissette:

rock mulher 7 - alanisCabelão, mulherão, vozerão. Tudo em Alanis é assim, exagerado, principalmente sua performance no palco, hoje em dia ela está mais calma, mas ela esta desde os 14 anos pulando e jogando o cabelo pra todos os lados sem nem ficar tonta e perder o fôlego. Ela ainda toca piano, gaita e violão durante as performances.

Alanis poderia ser até classificada como uma cantora pop, mas sua presença e atitudes a fazem rock ‘n roll. A canadense marca ainda com as belas e criativas letras. Fãs de Avril Lavigne devem agradecer a existência de Alanis, que influenciou esta e outras cantoras mais jovens.

Para ouvir: You Oughta Know

Amy Winehouse:

rock mulher 10 - amyNão, Amy não cantava rock, ela cantava soul, mas só o fato de cantar o estilo em temos modernos como este, já era uma atitude bem rock’n roll. Amy tinha vida e atitudes rock ‘n roll, além de uma voz potente admirada por muitos roqueiros.

Amy estourou com seu jeito único de cantar e se vestir, chamando atenção da industria fonográfica e dos estilistas, que faziam desfiles e mais desfiles inspirados no estilo da cantora.

As críticas começaram quando o uso de drogas e álcool começou a atrapalhar sua carreira, Amy não conseguia mais completar os shows. A dependência também lhe trouxe problemas com o ex-marido Blake Fielder, e a fazia aparecer com machucados depois de muitas brigas.

Quando Amy finalmente resolveu aderir a rehab, que ela ficou famosa por negar, e gravava um cd inteiro sóbria, foi encontrada morta em sua casa em Londres, entrando para a famosa lista de roqueiros que morreram com 27 anos, e sendo considerada uma lenda da música ao lado de Kurt Cobain, Jimi Hendrix, Jim Morrison e Janis Joplin.

Para ouvir: You Know I’m No Good

E então, será que com essa indicação da pra curtir bem o dia do rock?

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s