Criando fortes mulheres na ficção

Parece mesmo uma questão muito intrigante para uma sociedade que ainda recebe com surpresa mulheres fortes como as personagens de Song Of Ice and Fire (As Crônicas de Gelo e Fogo), que dá origem a série da HBO, Game Of Thrones, escrita e co-produzida pelo escritor George R.R. Martin, por isso ele foi perguntado em uma entrevista, de onde vem a inspiração para criar estas mulheres “Tem uma coisa interessante nos seus livros, percebi que você cria personagens mulheres muito bem e muito diferentes, da onde isso vem?”. Mas Martin não pensa como a sociedade e para ele a resposta foi simples: “Sabe, eu sempre considerei as mulheres como… pessoas!” (18:40).

Então se alguém um dia se questionar sobre como Daenerys Targaryen venceu a submissão para tornar-se uma líder conquistadora, é simples: ela é humana e pode lutar pelo seu povo e liderá-lo com a mesma garra e inteligencia que um homem. Isso para citar somente a Khaleesi entre tantas outras guerreiras da série como exemplo, claro.

O que chama atenção, é que não é só Martin que recebe este tipo de pergunta e tem que responder a altura, porque (ainda bem que) há muitas outras grandes mulheres em outras histórias da ficção, mas que (infelizmente), ainda deixam aquela pulga atrás da orelha: porque tão fortes? Guerreiras? Significativas?

Joss Whedon, o criador da série Buffy, a caça vampiros, não teve muita paciência, quando perguntaram “Porque você cria estas personagens fortes?”, ele respondeu: “Por que você ainda está me fazendo essa pergunta”. Já Hayao Miyazaki, criador de A Viagem de Chihiro, e que sempre tem personagens mulheres como principais, explicou “Primeiro eu pensei: ‘Está não é mais a era dos homens’, mas depois de dez anos, fiquei cansado de ter que explicar isso, eu só respondo: ‘Por que gosto das mulheres’, esta é a realidade”.

Quentin Tarantino tem o costume de só criar mulheres incríveis em seus roteiros, e justifica: “Eu só fiz mulheres fortes, eu não sei escrever sobre elas de outra maneira”.

Pois é, são muitos os escritores que se deparam com este questionamento, com se fosse realmente algo a se pensar, principalmente entre as publicações ou filmes mais recentes. Será que as pessoas ainda esperam mesmo por mulheres donas de casa, prendadas ou com qualquer outro comportamento esperado das mulheres de décadas atrás?

Fonte: BuzzFeed que listou estas e outras respostas de grandes escritores e roteiristas.

Anúncios

Um comentário sobre “Criando fortes mulheres na ficção

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s