Porque a licença-paternidade é uma luta das mulheres?

Neste dia dos pais, que tal aproveitarmos a data para questionarmos uma questão familiar: quanto tempo é necessário que o pai fique em casa após o nascimento do filho?

Divisão de tarefas:

Vamos primeiro entender de onde vem esta ideia de que o homem só precisa ficar em casa por alguns dias depois do parto da mulher.

Por mais que o mundo tenha mudado, as leis não, e ainda acredita-se em muitas famílias também, que enquanto a mulher tem a função de cuidar da alimentação, saúde, higiene, distração e educação da criança, o pai tem a função de sustento, investindo para que tudo isso seja possível. Logo, depois que a criança nasce, o pai fica cinco dias ao lado dela o tempo todo, como se somente para conhecê-la e mimá-la, cumprir com sua obrigação de pai. E depois, cabe a esposa, depois de passar por uma cirurgia ou pelas dores de um parto normal e carregando os seios fartos de leite, cuidar sozinha do bebê, pois ela tem seis meses para isso.

Pai-alimentando-filho

Este tornou-se o cenário comum da vida, o aceitável, e assim tem se seguido, tornando-se um dos fatores para as mulheres que não querem ter filhos hoje em dia escolham este destino, pois sabe que exige um grande planejamento parar o curso de sua carreira por tanto tempo para trabalhar dobrado em casa.

  • Os pré-conceitos

Sim, toda esta ideia formada pelas leis e pela sociedade é machista, não poderia deixar de chegar a este ponto. E é por isso que a mulher sofre a pressão de ser mãe, em exercer uma função tão difícil sozinha em casa, torcendo para o marido chegar logo do trabalho e pegar o bebê para que ela possa pregar os olhos um pouco (um pouco porque tem que ficar de olho caso o pai não consiga coloca-lo para arrotar, por exemplo). A pressão aumenta quando trata-se de uma mãe solteira, claro.

A sociedade já está tão acostumada com as leis e os costumes que quando a situação é inversa é de grande espanto e comoção, quando na verdade, o homem não cumpre mais do que sua obrigação de pai. Claro que é a mãe que merece mais tempo de descanso por ter sofrido no parto, mas ela realmente descansa?

  • A lei e as discussões

Atualmente na Câmara dos Deputados, dois projetos de lei visam estimular a participação paterna através da prorrogação do tempo da licença-paternidade:

O Projeto de lei 3935/2008, da senadora Patrícia Saboya altera a licença para 15 dias, e o da deputada Erika Kokay, o 879/2011, propõe alteração para 30 dias. Para acelerar a votação da segunda, foi aberta uma Petição Online

Em alguns estados, como Rio Grande do Sul, a licença de seus servidores públicos já dura 15 dias, mas no resto do Brasil, ainda são cinco.

  • Casais homo-afetivos

E como a lei fica quando ambos são o pai da criança? O ideal seria que quando a lei saísse da fase de projeto, fosse modificado não só o tempo dos pais em casa, mas também o nome que se da a licença, chamando-a de “licença-paternal”, de modo a não estabelecer papéis foxos na criação dos filhos e dar a família a liberdade de configurar sua família de modo que lhes for conveniente.

  • Estímulo

As mulheres já sabem a importância da presença do pai na criação do filho nas primeiras semanas de sua vida, mas os pais é que ainda não se deram conta dessa importância.

No Brasil ainda não há estimulo aos homens para que cuidem ativamente dos filhos. Isso pode ter sido plantado entre eles mesmo ou pelas próprias mulheres que sempre tomam como suas as tarefas de cuidar da criança, por isso é importante que casais estáveis conversem muito antes de planejarem terem um filho.

Sobre outros casais e situações em que a mulher engravida, aí já é outra discussão.

Anúncios

Um comentário sobre “Porque a licença-paternidade é uma luta das mulheres?

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s