Terry Richardson está fora de moda

Terry Richardson é famoso por fotografar famosos. Em sua maioria em poses provocantes, polêmicas e sensuais, algumas até divertidas, impondo alguma crítica. A indústria da moda e suas crias gostavam muito de Terry Richardson, até que dois fatores que explodiram esse mês o fez perder a popularidade imediatamente.

O primeiro são as fotos de muito mal gosto protagonizadas por Miley Cyrus. Como amante de fotografia, e se me permitem acrescentar um pouco de opinião aos fatos, nunca achei as fotos de Terry de incrível precisão e arte, nem muito profissionalismo também, acredito que ele ficou famoso pelos motivos citados acima, portanto, não fiquei surpresa quando vi a má qualidade nas fotos de Miley. Mas não foi só a parte técnica que foi criticada.

Miley sendo clicada por Terry Richardson
Miley sendo clicada por Terry Richardson

Já falei – e defendi – aqui a liberdade de Miley, que já é bem grandinha para decidir o que quer fazer com suas músicas, performances e imagem, mas as imagens divulgadas por Richardson perturbaram um pouco mais do que o slut-shaming que já estamos acostumados, uma vez que Miley, que ainda é legalmente menor de idade no seu pais, Estados Unidos, brinca com peso realmente pornográfico – não erótico, pornográfico – nas imagens e aparece com garrafas de bebidas.

Até este ponto há muitas coisas questionáveis, afinal, Miley estava fazendo o papel de modelo, poderia estar apenas obedecendo as ordens do fotógrafo, ou, já que o trabalho era para si, ela poderia ter sugerido as poses nas fotos. Mas há outro motivo para desconfiarmos ainda mais de Richardson.

Modelos já fotografadas por ele têm o acusado de fazê-las passar por situações humilhantes e por abuso sexual durante as sessões fotográficas (Preciso dizer que agora o considero menos profissional ainda?). Richardson passou ileso por todas as acusações, mas mais um caso veio a tona durante uma festa onde Rie Rasmussen o acusou publicamente. Logo depois, Jamie Peck foi a público contar sua experiência ao seu fotografada por ele com apenas 19 anos, segundo ela, o fotógrafo teria pedido “favores sexuais” e que o chamasse de “Tio Terry” durante o trabalho.

A resposta do “Tio Terry”? “Muito triste com as falsas acusações de insensibilidade e má conduta” e afirma: “Sempre considerei e respeitei aqueles que fotografo e vejo o que faço como uma colaboração entre eu e a pessoa em frente a câmera”.

Richardson e Rihanna
Richardson e Rihanna

Como sabemos, na maioria dos casos as vítimas são apenas vítimas e o caso é deixado de lado, fazendo o abusador escapar ileso diversas vezes, no caso de Richardson, uma pessoa pública, parece tornar-se ainda mais difícil, mesmo com a pressão – ou não – da mídia.

A verdade é que não se pode continuar deixar esse homem trabalhando até que se prove o contrário, o que, pelo menos eu, acredito que não vai acontecer. O que vocês acham do caso Terry Richardson?

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s